O acordo entre Microsoft e Nintendo para levar o Minecraft ao Smash Bros. durou 5 anos

O acordo entre Microsoft e Nintendo para levar o Minecraft ao Smash Bros. durou 5 anos

E felizmente, a parceria conseguiu ser frutífera para ambas
#Games Publicado por Billy Butcher, em

Daniel Kaplan, ex-produtor da Mojang Studios, se conecta com a notícia da chegada de Minecraft no Super Smash Bros. Ultimate para revelar que as negociações entre a Microsoft/Xbox e a Nintendo foram nada menos que cansativas.

O ex-executivo e co-fundador da Mojang Studios, atualmente em funções no Coffee Stain, apareceu nas redes sociais para responder às perguntas do jornalista do Kinda Funny, Imran Khan, sobre a aliança entre Microsoft e Nintendo que se concretizou com o desembarque de Steve, Alex, Zombie e Enderman no universo do Brawler SSBU para o Switch.

Segundo Kaplan, o acordo entre as casas de Redmond e Kyoto demorou muito para ser finalizado. De acordo com o que especificou o atual produtor dos estudos Coffee Stain, os contatos entre a Microsoft e a Nintendo para dar vida a esse crossover não começaram recentemente. Kaplan relata que:

"3 anos não foram suficientes. Demorou pelo menos 5 anos para tudo dar certo. Começaram então as conversas entre as partes, mas não sei quando essas negociações se concretizaram."

Para saber mais, as 11h30 de Sábado, 3 de Outubro, a Sora Ltd. e Nintendo planejaram um stream para fornecer todas as informações sobre o conteúdo da expansão com Steve e Alex de Minecraft como o segundo dos seis DLC's planejados para o Fighters Pass Vol. 2 do Super Smash Bros. Ultimate.

Fonte: Every Eye
Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.