Confira 6 jogos que dividiram suas bases de fãs

Confira 6 jogos que dividiram suas bases de fãs

Os fãs nem sempre aceitam mudanças.
#Artigos Publicado por Vinicius, em

Séries muito longas sempre têm o perigo de cair na mesmice, e para evitar isso, muitas produtoras acabam trazendo grandes mudanças em sequências futuras. No entanto, um dos perigos é que os fãs nem sempre estão dispostos a abraçar essas mudanças.

Aqui falaremos sobre alguns jogos que trouxeram mudanças radicais e acabaram dividindo suas bases de fãs. Lembrando que isso não significa que são jogos ruins, apenas que os fãs ficaram divididos.

Resident Evil 4

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy8zNS9yZXNpZGVudC1ldmlsLTQtMDM0NDYxLnBuZw==

Com a chegada da sexta geração de consoles e as possibilidades que os hadware mais potentes permitiriam, a Capcom decidiu renovar a franquia, abandonando a antiga câmera travada e comandos em tanque por uma câmera sobre os ombros e uma jogabilidade mais fluída.

O novo estilo de gameplay acabou sendo muito mais divisivo do que a Capcom esperava. Enquanto uns consideram o título o melhor da franquia, outros o tratam como o jogo que deu início à morte da série, com jogos cada vez mais focados na ação e cenas exageradas.

Apesar de toda a controvérsia, é inegável a importância do título para a indústria, com muitos jogos atuais ainda se inspirando fortemente nele. E a Capcom já provou que não tem medo de arriscar de novo, tendo adotado uma câmera em primeira pessoa nos mais recentes jogos da franquia.

Doom 3

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy8zNS9kb29tLTMtMDM0NDYyLnBuZw==

Quando os jogadores pensam em Doom, certamente o que vem à mente é um jogo frenético, com muita ação, rock pesado e desmembramento, tudo isso enquanto você enfrenta hordas de demônios prontos para te devorar. E era justamente disso que se trava a série, ao menos até o lançamento de Doom 3.

Com esse jogo, a id Software decidiu apostar em uma pegada diferente, focando no terror. Os mapas mais abertos deram espaço para corredores apertados e escuros, e as enormes hordas de inimigos foram trocadas por combates menores e mais pessoais.

Para a época lançada, o jogo se mostrou um espetáculo tecnológico, trazendo uma engine que contava com uma iluminação incrivelmente impressionante, sem contar seu excelente trabalho de som que impressiona até hoje.

Contudo, apesar de todas as suas qualidades, muitos fãs acabaram não abraçando a ideia de um Doom sem seus combates frenéticos. Para a sorte deles, a id Software mais tarde acabou decidindo retornar ao estilo antigo da série com Doom (2016) e Doom Eternal.

Assassin’s Creed Origins

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy8zNS9hc3Nhc3Npbi1zLWNyZWVkLW9keXNzZXktMDM0NDY2LnBuZw==

Após nove títulos lançados, sem contar seus diversos spin-off para várias plataformas, a fórmula de Assassin’s Creed acabou demonstrando cansaço. Os fãs clamaram muito tempo por mudanças e inovações dentro da série, e a Ubisoft acabou realizando esse desejo, só que os fãs não esperavam que seria uma mudança tão radical.

Assassin’s Creed Origins abandonou grande parte da fórmula dos jogos anteriores em favor de uma pegada mais RPG. Tanto em sua história quanto em seu combate, era perceptível as mudanças. E isso só vem se fortificando cada vez mais, com cada lançamento após o Odyssey apostando mais forte no lado RPG da franquia.

Até hoje muitos reclamam dessa mudança, preferindo que a série volte ao que era antes. Enquanto isso, vários outros se apaixonaram pelo mais recente estilo da franquia, incluindo muitos jogadores novos na série. Pelo jeito o novo estilo chegou para ficar e a Ubisoft não tem planos de mudar isso, ao menos não tão cedo.

Metal Gear Solid 2

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy8zNS9tZXRhbC1nZWFyLXNvbGlkLTItMDM0NDY3LnBuZw==

Hoje em dia o impacto talvez não seja mais o mesmo, mas para a sua época, Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty causou muita controvérsia. Enquanto os jogos anteriores dessa lista dividiram seus fãs devido a mudanças no gameplay, aqui foi devido a uma troca de protagonista.

Quando o segundo jogo da franquia foi lançado, muitos esperavam continuar a jornada de Solid Snake e era isso que todo material promocional antes do lançamento fazia aparentar. No entanto, ao estarem com os jogos em mãos e terminarem o prólogo, os jogadores tiveram uma grande surpresa, o protagonista era na verdade o Raiden.

Raiden pode hoje ser um personagem conhecido do público, mas na época era um total desconhecido. Muitos se zangaram tanto por não estarem mais no controle do clássico Snake quanto pelo fato da Konami ter escondido a verdade antes do lançamento.

Atualmente o jogo é visto com melhores olhos e Raiden até mesmo caiu na graça do público, tendo ganho outro jogo próprio, o qual dessa vez acabou sendo bem recebido.

DmC: Devil May Cry

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy8zNS9kb29tLTMtMDM0NDY1LnBuZw==

Após a série conseguir se recuperar do desastroso Devil May Cry 2, os fãs acreditavam que a Capcom havia entendido como guiar a série partir dali. No entanto, após o lançamento do quarto jogo, a empresa achou melhor terceirizar o desenvolvimento da série.

A Ninja Theory ficou encarregada de dar uma nova cara para o jogo, o problema é que alguns jogadores acharam que ela foi longe demais. Dando um novo visual, uma nova personalidade para os personagens e trazendo até mesmo grandes mudanças na história, o jogo acabou caindo no desgosto de grande parte dos fãs.

Podemos até mesmo dizer que o jogo já estava fadado ao fracasso desde antes do seu lançamento. Além das reclamações a respeito das mudanças, o diretor do jogo entrou várias vezes em conflito com os fãs, chegando até mesmo a ridicularizar o Dante antigo.

Apesar disso, muitos que resolveram dar uma chance ao jogo acabaram gostando, elogiando seu combate profundo, boa variedade de armas e ótimo design dos inimigos.

The Last of Us Part II

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy8zNS90aGUtbGFzdC1vZi11cy1wYXJ0LTItMDM0NDU4LnBuZw==

Provavelmente o mais divisivo e polêmico até agora, fazer uma lista de jogos que dividiram a base de fãs sem o segundo The Last of Us é uma tarefa impossível. Já fazem oito meses que o jogo foi lançado e até hoje os fãs discutem a respeito das escolhas feitas pelo estúdio.

Desde antes do seu lançamento, quando diversos spoilers do título acabaram vazando na internet, o jogo já estava causando conflito nas opiniões dos jogadores. Aqueles que estavam esperando mais do mesmo que haviam visto no primeiro título acabaram tendo uma surpresa.

Um desfecho polêmico para um dos protagonistas querido, uma nova personagem controversa e um final que passou longe do que os jogadores esperavam. Tudo isso acabou causando muita discórdia da comunidade, mas ao mesmo tempo muitos acabaram abraçando a ideia do jogo.

Dificilmente você verá um meio termo quanto a The Last of Us Part II, ou os jogadores amaram ou odiaram. No entanto, isso já era esperado pela equipe de desenvolvimento. O próprio diretor Neil Duckman afirmou antes do lançamento que os fãs do primeiro jogo podiam acabar não gostando dessa sequência.

E você, acha que deixamos algum título de fora? Deixe sua opinião nos comentários.

Vinicius
Vinicius #VSDias55

Jogando

13 Sentinels: Aegis Rim

Equipe do Site, Florianópolis
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.