Microsoft introduz o Microsoft Mesh, sua plataforma de VR/AR baseada na filosofia do Xbox

Microsoft introduz o Microsoft Mesh, sua plataforma de VR/AR baseada na filosofia do Xbox

Usando o mesmo sistema da Xbox Live, onde suporta várias plataformas e dispositivos de uma só vez
#Tecnologia Publicado por Billy Butcher, em

Quando se fala em VR/AR/MR atualmente, muito se leva em conta vários fatores; o preço, o conforto, a acessibilidade, e principalmente, o conteúdo.

Seria muito mais fácil se existisse apenas uma plataforma que unificasse tudo e trouxesse o melhor de todos os mundos em Realidade Virtual, correto? Então é isso que falaremos sobre.

A Microsoft, durante o seu evento anual de tecnologia que engloba suas divisões Windows Mixed Reality, AltspaceVR, OceanX e HoloLens, anunciou o Microsoft Mesh, sua nova plataforma oficial dedicada para VR & AR, que contém suporte ao Android, iOS, Oculus Quest, Valve Index, HTC Vive, e muito mais.

O foco aqui, como apontado e descrito por Brad Sams, é estabelecer uma plataforma viva com conteúdo e suporte a vários dispositivos e possibilidades em VR & AR que sejam mais fácil de ser acessíveis, e que seguem da filosofia da Xbox Live, uma grande rede interconectada em múltiplas telas.

SmQyR0swcUR0Umc=

Além disso, como noticiamos a pouco, a Microsoft formou uma estreita parceria com a Niantic, conhecida desenvolvedora de jogos e experimentos em VR e AR para trazer não só o Pokémon GO para o Microsoft HoloLens (com suporte ao Mesh), mas também de novos conteúdos e ampliação na plataforma, que é unificada ao Windows 10.

Para Satya Nadella, CEO da Microsoft, a tecnologia, para poder atender as demandas e continuar progredindo, precisa focar em 5 aspectos:

  1. Processos de computação descentralizados;
  2. Soberania de informações e inteligência de ambiente;
  3. Criadores e comunidades empoderadas por todo o mundo;
  4. Oportunidades econômicas para a força trabalhista no mundo inteiro;
  5. Design confiável.

Os executivos da Microsoft descrevem o Microsoft Mesh como uma “nova plataforma de realidade mista dentro do Azure“, construída para criar um ecossistema em uma grande variedade de dispositivos.

O Microsoft Mesh permitirá que os usuários visualizem e interajam com conteúdo de realidade mista em um único espaço virtual ou real. Mesh se baseia no trabalho que a Microsoft já fez em torno das âncoras espaciais do Azure Anchor, as ferramentas de renderização do Azure e a tecnologia de realidade virtual social AltspaceVR comprada pela Microsoft em 2017, além de também contar com informações de pesquisas internas de realidade mista.

Na demonstração durante o Ignite, a holoportação foi mostrada, porém a versão disponível para testes públicos do Microsoft Mesh não irá contar com essa característica, pelo menos por enquanto.

A holoportação permite que indivíduos com dispositivos de realidade mista, incluindo o HoloLens, vejam e interajam com participantes remotos em 3D como se estivessem presentes em seu espaço físico.

Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro