Vaza um e-mail interno da Epic Games de 2018 entre Tim Sweeney e Phil Rosenberg da Sony sobre o Cross-Play em Fortnite

Vaza um e-mail interno da Epic Games de 2018 entre Tim Sweeney e Phil Rosenberg da Sony sobre o Cross-Play em Fortnite

"Amigos estão sendo separados devido a segregação da Sony com plataformas adversárias", diz Sweeney na carta
#Games Publicado por Billy Butcher, em

Nos tempos atuais, Fortnite tem Cross-Play/Cross-Purchase/Cross-Save entre as principais plataformas do mercado como PlayStation, Xbox, Switch, PC, Android e iOS.

Mas isso demorou, e foi um custo bastante complicado, diga-se de passagem. Descobrimos por relatórios anteriores alguns dos e-mails feitos entre Sony e Epic Games sobre o assunto, onde a dona do PlayStation havia citado não trazer benefícios para a plataforma dela incluir tal função.

O que não está errado, ainda mais frente em vista a posição de superioridade em termos de base de jogadores online no PS4; Mas tudo isso já se resolveu. No entanto, mais sobre esse assunto foi desenterrado.

Entre os arquivos da Epic Games no tribunal de hoje que trouxe Epic Games e Apple na mesa de cara-a-cara, foi descoberto um novo e-mail de Tim Sweeney (CEO da Epic) para Phil Rosenberg (SIE - PlayStation) a respeito do Cross-Play com o PS4, isso lá em 2018.

Na carta enviada por Sweeney, ele cita que "amigos estão sendo separados pela segregação da Sony em não permitir que o Fortnite no PS4 possa ser jogado junto com players de plataformas adversárias."

A carta é extensa e longa, e em alguns trechos, é possível até mesmo ver algumas atitudes de ofensiva da Epic Games e de Tim Sweeney para de alguma forma, forçar a Sony a liberar o Cross-Play, citando o conselho da União Europeia.

Eles também fazem uma espécie de "ameaça" a Sony PlayStation, na qual Tim Sweeney diz que a Epic fez uma análise interna com dados do GDPR, implicando trazer a Sony numa disputa judicial na qual geraria ações punitivas para a empresa liberar o Cross-Play.

Traduzimos um trecho inicial do e-mail, mas você pode conferi-lo por completo no Tweet trazido por Tom Warren, da The Verge:

"Caro Phil,

As restrições de interoperabilidade da Sony colocaram nossas duas empresas em uma posição insustentável, adversária aos nossos clientes. Muitos jogadores do Fortnite são crianças, e suas amizades estão sendo destruídas pela segregação da Sony de jogadores em plataformas concorrentes.

Francamente, não acreditamos que a posição da Sony seja legal. Consulte a análise anexa preparada por nosso advogado europeu no contexto da legislação da UE, incluindo, o mais importante, o mandato de portabilidade de dados GDPR com estar direto em cross-play e cross-purchase.

Também revisamos análises privilegiadas de implicações subsequentes que podem gerar grandes julgamentos a quaisquer ações punitivas que a Sony possa tomar para fazer cumprir esta política."

Felizmente, tudo terminou bem, mas interessante ver mais sobre esse assunto. O que você acha?

Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro