Desenvolvedores da Raven Software organizam greve após demissões involuntárias feitas pela Activision no estúdio

Desenvolvedores da Raven Software organizam greve após demissões involuntárias feitas pela Activision no estúdio

O estúdio Call of Duty: Warzone se paralizou durante a tarde dessa segunda-feira protestando contra os cortes de funcionários da empresa
#Games Publicado por Billy Butcher, em

Os desenvolvedores do estúdio Raven Software de propriedade da Activision Publishing e mais conhecidos como o estúdio de Call of Duty: Warzone, estão organizando uma greve nesta tarde de (6) de dezembro para protestar contra os cortes de empregos recentemente anunciados.

Na semana passada, a Activision Publishing informou a 12 trabalhadores de controle de qualidade (QA) da Raven Software que seus contratos seriam encerrados em 28 de janeiro de 2022, quando a meses atrás a empresa prometeu aumentar seus salários e melhorar as condições de trabalho das suas subsidiárias.

As demissões reduzirão a equipe de QA da Raven Software de 40 funcionários, que trabalha principalmente em COS Warzone, para pouco mais de 30%, de acordo com os responsáveis ​​pela paralisação.

Alega-se que a equipe afetada foi dispensada em “situação regular”, o que significa que os funcionários não tiveram um desempenho inferior ao esperado ou que eles cometeram alguma ofensa passível de demissão, com as demissões sendo anunciadas em um momento em que o COD Warzone está gerando US$ 5,2 milhões em lucro por dia.

Antes das demissões, os organizadores da paralisação disseram que a liderança dea Raven disse a equipe de QA em várias ocasiões que havia mudanças departamentais positivas no caminho, algo que foi supostamente usado para explicar a ausência de promoções e aumentos originalmente esperados para março de 2021.

“Em resposta aos eventos de sexta-feira, a equipe de QA da Raven e outros membros da equipe da Raven estarão saindo com uma demanda singular. Todos os membros da equipe de QA, incluindo aqueles demitidos na sexta-feira, devem receber cargos de tempo integral”, disseram os funcionários em greve no estúdio.

“Os participantes desta demonstração de apelo estão fazendo a grave após nosso sucesso contínuo como estúdio em primeiro plano. O departamento de QA da Raven é essencial para o funcionamento diário do estúdio como um todo."

“Terminar os contratos de testadores de alto desempenho em uma época de trabalho consistente e lucro coloca a saúde do estúdio em risco”, continuaram os organizadores.

“Além disso, essas ações vão diretamente contra a cultura positiva que a Raven Software criou ao longo dos anos. O objetivo final desta caminhada é garantir o crescimento contínuo da Raven como um estúdio e promover uma comunidade positiva para todos que trabalham lá.”

Localizados em Wisconsin nos EUA, a Raven Software é conhecida na indústria como os "irmãos mais novos da id Software", estúdio com o qual eles trabalharam lado-a-lado por mais de 10 anos em franquias como QUAKE e Wolfenstein, mas que devido a compra da Raven pela Activision e da id Software pela ZeniMax, tiveram de separar em 2010.

Estaremos aguardando novidades do caso nas próximas horas.

Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por coca,
#Games, Por ricklek550,