Oficiais do Governo dos EUA ameaçam cortar grande parte dos lucros da Activision Blizzard

Oficiais do Governo dos EUA ameaçam cortar grande parte dos lucros da Activision Blizzard

Exigindo mudanças radicais na empresa, caso a editora não cumpra tais medidas uma falência por administração pode se tornar inevitável
#Mundo Publicado por Billy Butcher, em

Tesoureiros dos Estados Unidos nos estados da Califórnia, Massachusetts, Illinois, Oregon, Delaware e Nevada estão convocando a editora de videogames Activision Blizzard para tomar medidas mais sérias na forma de lidar com suas mais de 5 investigações de alta escala e processos judiciais sobre toda sua cultura problemática com funcionários.

De acordo com o portal Axios, os tesoureiros da ajuda pediram para se reunir com os membros do conselho da Activision Blizzard até 20 de dezembro de 2021, ameaçando tomar medidas drásticas contra a empresa caso ela não cumpra.

Como você deve lembrar, a Activision Blizzard foi acusada de promover uma cultura de trabalho de “Frat Boy”, onde mulheres em vários estúdios eram assediadas sexualmente, agredidas e psicologicamente traumatizadas.

Uma investigação mais recente do Wall Street Journal (WSJ) também revelou que o CEO da empresa, Bobby Kotick, sabia sobre as alegações de má conduta sexual ao longo dos anos, muitas vezes minimizando-as ou participando ativamente disso. Embora o estado da Califórnia já esteja envolvido nos procedimentos do caso e várias entidades estejam pedindo a renúncia de Kotick, agora mais figuras do governo estão se juntando ao coro.

Os Tesoureiros do EUA, para quem não sabe, estão encarregados de zelar pelas questões financeiras que dizem respeito ao Estado e aos cidadãos. Tesoureiros em estados como Illinois, por exemplo, atuam como auditores das contas públicas. Mas por que um tesoureiro estadual se importaria com o que uma empresa de videogame está fazendo?

Bem, alguns estados têm investimentos ativos na Activision Blizzard que são afetados pelos preços das ações da empresa, o que, por sua vez, afeta os fundos de pensão que as pessoas usam na aposentadoria. Mas ter investimentos na Activision Blizzard também significa que esses acionistas do governo têm algum poder para ditar o que a empresa fará a seguir. E agora, os tesoureiros não estão felizes com a liderança da Activision Blizzard.

“Estamos preocupados que o atual CEO e diretores do conselho não tenham o conjunto de habilidades, nem a convicção para instituir essas mudanças radicais necessárias para transformar sua cultura, para restaurar a confiança dos funcionários e acionistas e seus parceiros”, disse Michael Frerichs, tesoureiro do estado de Illinois.

“Uma coisa que os tesoureiros trazem é também um pouco de destaque aqui e um pouco de pressão pública também”, disse Frerichs a Axios, que também observou que estava preocupado com a notícia de desigualdade salarial na empresa. “Portanto, não se trata apenas do número de dólares e de ações que possuímos.”

A tesoureira do estado de Massachusetts, Deborah Goldberg, compartilhou preocupações semelhantes com Frerichs e ficou perplexa com o fato de os membros do conselho da Activision Blizzard apoiarem Kotick após as exigências de sua renúncia. Goldberg disse a Axios que o caso da Activision Blizzard pede “uma investigação verdadeira” de “um investigador externo”.

Fonte: Kotaku
Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por coca,
#Games, Por ricklek550,